16 de abril de 2014

Fashion e Luxury: a moda de Pelotas

E eu não me contive!

Ontem foi dia de desfile! O sucessor do Moda Pelotas, Fashion & Luxury, é um evento somente para convidados - cerca de 300 pessoas - com bebidinhas e comidinhas, poucas marcas e um tantinho de glamour. O idealizador do evento, André Guerra, foi muito feliz em não ter escolhido muitas marcas, assim, tudo fica mais breve e você não se cansa até o último desfile. Na passarela, cada marca desfilava 15 looks, com modelos profissionais. 

Eu preciso comentar algumas coisas, mas peço que não me levem a mal. Não é nada pessoal com absolutamente ninguém, é que conheço outras realidades diferentes e acho que sempre vale a reflexão, para crescimento mesmo! Já aviso que as fotos não estão boas, pois nem ia fazer post, mas, resolvi falar!

*Primeiro ponto: Tenha uma coleção! Não importa se você é uma multimarcas, uma franquia ou um estilista. Você precisa ter uma coleção, uma história para contar, um ponto de partida para montar os looks, a divulgação, para ter algo harmonioso, que seja certeiro em seus clientes! Sinto falta de um pouco mais de conceito nos desfiles. A verdade é que as marcas não se preparam tanto para os desfiles - até porque normalmente os donos e seus assistentes estão cheios de trabalhos, sem grana para bancar outros profissionais de moda para fazerem o serviço! Mas para isso existem ESTAGIÁRIOS, para aprenderem na prática e começar com a tão temida experiência - e com isso os looks ficam sem graça, sem apelo comercial, sem informação e conceito de moda. Os lojistas também precisam aprender a confiar nessas pessoas e saber conversar, falar o que gosta e o que não gosta e não se apegar a modelos antigos. A troca de experiências - a da Academia com o Mercado - é que formam os profissionais.

*Segundo ponto: Se as marcas soubessem como a trilha sonora faz um desfile ser melhor... Vale sentar uma tarde, pensar nas sensações que a coleção traz ou que você acha que o seu público alvo precisa, fazer uma pequena seleção de músicas, pedir para alguém uni-las em uma faixa só e pronto! Você até pode dizer: "nossa Grazy, quanto trabalho...", mas pense bem, essa é sua empresa, é seu trabalho, é quem você é! Você não precisa de um pouco mais de atenção? Sua marca também! A ideia não é pegar uma música da moda ou deixar por conta dos organizadores! A marca é sua, a coleção é sua e você precisa saber o que quer passar, o que quer vender até na trilha sonora.

*Terceiro ponto: Cabelo e make. Eu sei que faz parte da organização do evento, que é como as coisas funcionam porque é assim que dá mais certo em Pelotas. Mas as marcas poderiam começar a pensar em também colocar conceito nessas partes, assim como na trilha sonora. O seu público alvo tem um jeito de usar o cabelo, de se maquiar? Proponha em cima disso novas formas em seus desfiles. Cause desejo! Me faça sair do seu desfile louca para visitar a sua loja!

O desfile que mais vi conceito foi o da Vicenza Launch (último da foto abaixo). Me surpreendi com os acessórios das modelos, eles contavam uma história junto com os looks! As modelos usavam o mesmo cabelo de todos os desfiles, mas isso quase não foi percebido pois os looks acompanhavam casquetes e boinas. Viu? Não é impossível passar conceito nos penteados! Me deu muita vontade de comprar uma casquete e luvas curtas!

O segundo que mais gostei foi o do Gaúcho e Prenda. Nunca curti música gaúcha, mas foi um desfile muito bom! Em primeiro lugar, tinha uma trilha sonora que contava uma história. Imagina um desfile de roupa gaúcha tocando pop americano? Não dá, né? Nisso foram felizes! Nos transportaram pela música ao cenário que queriam. Pensei em comprar a saia vermelha e a capa cinza (segunda da foto abaixo), por exemplo.

O mais feliz em "criar desejos" foi a Lilica & Tigor (foto da menina loirinha). Primeiro me deu vontade de ter filho, para eles serem lindos, usarem Lilica & Tigor e ainda desfilarem para a marca. Não tinha muito conceito, mas as crianças eram tão fofas, tão lindas e tão divertidas que acabou levando o título de melhor desfile da noite para muitas pessoas que perguntei. Sabem porquê? Porque criou desejo!

 
Overend, Extravaganza, Gaúcho e Prenda, Vicenza Launch
Lilica & Tigor e Beth Schneid
My Shoes
A My Shoes também me deu vontades, afinal são sapatos, rs. Gostei das combinações de sapatos e clutchs. Os sapatos, tanto para festa quanto para o dia a dia estavam bem bonitos. Algumas modelos usavam uns vestidos bem curtos, acho que em alguns momentos tirou a atenção dos sapatos, mas nada comprometedor. Tudo estava bem bonito, bem elegante! Ao final, tivemos o desfile de um vestido de noiva, como disse lá no meu Instagram, um fechamento de desfile super tradicional em Pelotas. Gostaria de ter visto mais vestidos da Beth Schneid, pois ela é muito boa nisso. 


Ahh, e o look que usei no evento! Escolhi a roupa pelo sapato, que é um My Shoes, do inverno passado. Depois peguei uma saia branca e uma camisa gola laço de poá!

Bom gente, desejo muito que a moda em Pelotas cresça, mas para isso precisamos sair da nossa zona de conforto e começar a colocar energia nas coisas! Somos uma cidade comercial e se investirmos nisso com excelência, vamos longe! Esse é meu maior desejo, como uma pessoa que ama a cidade em que vive e que foi tão bem acolhida por ela! ♥

Da onde é?
Sapato: My Shoes
Saia: Eliza Andrade
Camisa: Presente da Otros Aires
Clutch: Pé de Banana

#E aí, o que acham? Vamos conversar sobre? Dê seu pitaco AQUI!

Bjos


Do dia: Combinações de cores diferentes

E dicas para ficar linda sem salto!

Pois é, mais um dia. Hoje acordei com o sol batendo na janela e com uma vontade de usar cor! O dia estava ameno, sem o vento frio dos últimos dias, o que permitiu um shortinho! ♥ Comecei pela blusa, e fui colocando perto das partes de baixo que eu tinha, quando parou nesse short, me apaixonei pela combinação! Acrescentei o colar da Mania de Usar, da nova coleção Folk Love e fui escolher o sapato. Como eu ia pro ballet e depois iria fazer as unhas, preferi uma sapatilha confortável, mas arrumadinha.O dia está bem tranquilo, sem muitas correrias. Tem dias que a gente só quer conforto, não é mesmo?

Então, esse look é pra você que adora combinar cores e também, para você que não curte um salto alto mas quer ficar arrumada sempre! A minha dica para o salto é a seguinte: escolha uma sapatilha - ou qualquer outro sapato baixo - que você realmente se sinta confortável. Não adianta querer conforto em um sapato baixo e encontrar um sapato que te machuca como um salto quinze. Outra dica é ter dois tipos de sapatos baixos: um para festas e eventos e outro para o dia a dia. Em um você pode investir em materiais mais refinados, em pedrarias bonitas e com leve bico fino. Para outra opção você fica livre para escolher os detalhes, desde que estejam de acordo com o seu estilo pessoal. Mas, para todos os momentos, é importante escolher sapatos que tenham cara de bom, que sejam realmente bons, em material e conforto!

 

Da onde é?
Blusa: Farm
Short: Papeline
Sapatilha: C&A
Colar: Presente da Mania de Usar
Bolsa: Presente da Imaginarium

#Viu, tem como ficar linda e sem salto! O que você achou? Dê seu pitaco AQUI!

Fotos: Jeff Münchow

Bjos


15 de abril de 2014

Do dia: Me despedindo das roupas de verão!

Sim, esse momento chegou!

Ah, nessa semana a ficha caiu: o outono chegou e o frio bateu de fato! Desde sábado venho sentindo frio e usando roupas de inverno! O bom é que dormir nunca foi tão gostoso, tão confortável, e chegou também aquela preguiça de levantar cedo. Hoje, por exemplo, levantamos 30 minutos mais tarde do que costumamos. Resolvemos dedicar a manhã para as plantinhas que estamos cuidando: tem orégano, begônias, alecrins, columeia-peixinho, e uma outra que não sei o nome com florzinhas laranjas e amarelas. Saímos para comprar terra e pratinhos que faltaram, mas tivemos a felicidade de dar a vida para a nossa casa. Tem coisa melhor do que encher de plantinhas, de cor, de vida, cada parte do lugar onde você mora?

Depois demos um jeitinho na casa e fomos almoçar. Voltamos e começamos o dia de trabalho! Só sei que hoje o dia está ótimo, tranquilo, e só vamos sair mais tarde, para o Fashion & Luxury. Fora isso, só trabalho dentro de casa mesmo! ♥ O look de hoje teve duas partes: mais de manhã, quando estava frio e outra parte no meio da manhã, quando ficou quente! Essa é a segunda parte: mudei o sapato e tirei a meia calça. Escolhi um short de renda, uma túnica de malha e para colorir usei uma sandália azul. O colar claro também ajudou a abrir o look e a ligar a túnica ao short e a sandália.

Ah gente, fiz uma lista de peças que preciso usar agora! Se não só no próximo verão! =/ Entre elas: esse short e essa sandália!


Da onde é?
Túnica: Farm
Short: Presente da N. Concept
Sandália: C&A
Bolsa: Presente da Imaginarium
Colar: C&A

#E aí, o que acharam? Dê seu pitaco AQUI!

Fotos: Jeff Münchow

Bjos


Looks bacanas no No Más 3

Em um domingo bem frio!

O No Más 3 rolou nesse domingo e para a surpresa geral da nação o clima estava bem frio! A convite do pessoal lá do Madre Mia, fiz algumas fotos de street style do pessoal que passou por lá no final da tarde. Tinha muita gente estilosa, mas não tive muito tempo para fazer as fotos! Da próxima prometo ficar do início ao fim! ♥ Ah, todas as fotos estão em um álbum lá na fan page do blog, pra gente comentar, compartilhar...


#E aí o que vocês acharam? As fotos estão AQUI e por lá você também pode dar seu pitaco!

Fotos: Grazy Pacheco

Bjos



14 de abril de 2014

Correntinha

Pura e simples!

Na minha infância e adolescência nunca fui muito de acessórios de ouro, delicados, pingentinhos. Sempre gostei de bijus com cores vivas e texturas. Mas, a partir do Natal de 2010, quando minha mãe me deu uma correntinha com um pingente de coração, eu passei a usar. Era o último Natal que passava ainda morando com ela. Desde então usei todos os dias, até que enjoei um pouco do pingente e comecei a usar só a correntinha. Acho delicado, discreto, elegante, e por aí vai.Combina com tudo e é quase como uma amuleto, uma marca registrada. Recomendo o uso, principalmente se tem história! ♥


 #O que vocês acham? Dê seu pitaco AQUI!

Bjos